O Último dos Moicanos: "Rosa Branca"

sábado, 18 de fevereiro de 2006

"Rosa Branca"

(Em jeito de resposta ao comentário da Cleópatra, na publicação abaixo...)
"Eu penso em ti logo ao nascer da aurora, e quando o dia vai chegando ao fim... Nunca me esqueces e dormindo embora, sonho a ventura de te amar assim… Antes de ver-te, ó flor do céu caída, nem me recordo como até então vivi… Já nem me atrevo a suportar a vida, vivendo um só dia sem pensar em ti… Ó rosa branca delicada e pura, que ideal brancura, que mimosa cor… Lembras-me um anjo que do céu tombasse e por mim pousasse, na roseira em flor… Quando o teu olhar iluminado e casto, pousa em meus olhos reflectindo o céu… Quanto mais fujo, quanto mais me afasto, mais perto vejo o teu olhar do meu… Ó rosa branca luminosa e viva, linda rosa esquiva, de um amor fatal… Pudessem anjos fabricar sozinhos, com montões de arminhos, outra rosa igual… Quando esta vida se apagar serena, vou recordar-me quanto te amei em vão… Ó desdenhosa o que me faz mais pena, é ir pensando que te esqueço então… Ó rosa branca meu amor primeiro, tu não tens canteiro, tu não tens jardim… Porque te chamo se tu não respondes, e porque te escondes, a chamar por mim… Mas sob a campa, meu amor não finda. Verás princesa se eu ouvir teus ais, abrir meus olhos para te ver, ainda, morrer de novo se te não vir mais… Ó rosa branca porque me chamaste?... Para quê roubaste, toda a fé que eu tinha?... Serena e fria como a luz da Lua… que brancura a tua, que desgraça a minha!... "
João de Vasconcelos e Sá - Rosa Branca

Etiquetas:

28 Comments:

Blogger Cleopatra said...

Eu penso em ti logo ao nascer da aurora,
e quando o dia vai chegando ao fim...
..........
Já nem me atrevo a suportar a vida,
vivendo um só dia sem pensar em ti…
..........

Quando o teu olhar pousa em meus olhos
.....
Quanto mais fujo, quanto mais me afasto,
mais perto vejo o teu olhar do meu…

...........
Quando esta vida se apagar serena,
vou recordar-me quanto te amei em vão…

..........

Quem ama ama assim...
Homem ou mulher ama assim...

As pessoas equilibradas... as que não brincam com os sentimentos dos outros, as que não usam os outros, as que amam....

Repare que o que eu quero dizer é que:

Se alguém se sente amado, muito amado e partilha esse amor de uma forma fisica mesmo, como pode não amar também???

Agora, também é verdade que, por vezes, alguém pode estar apaixonado por nós e nós nem querermos isso...
Aí nem sequer se dá a oportunidade de magoar... de ferir... seria brincar com o outro isso não seria mar..
Se assim for o que dos dois ama... não pode sentir feridas abertas.
Não é?
Será tolice!

A ferida, caso o amor não seja correspondido só existe ou passa a existir se o que provocou a ferida fingiu amar ...

Então deixou uma ferida e não o merece mesmo.
Não pense mais nela.
Ela não merece!!!!!!
....
Há desencontros ou encontros impossíveis
Esses também deixam ferida...

mas aí amamos na proporção em que o outro ama..
Porque aí, apesar de impossível tudo é verdade!

E há o que é possível e só em proporção...esse é o ideal o sereno o que não deixa nem nunca deixará feridas.
....
Grande Indio
Grande sonhador!
Grande Indio
Grande sensibilidade
Oxalá grande Indio encontrar alguém à sua altura, que lhe possa dar o que merece!!

Beijinhos.
Obrigada meu Deus, que ainda há homens assim!

sábado, fevereiro 18, 2006 4:33:00 da tarde  
Blogger LusitanaPaixão said...

Oh Apache... desculpe lá eu intrometer-me entre si e a Cleopatra, mas não acha que para Indio acredita muito em rosas?

Não é mais em sinais do tempo ou da Lua?

Como é que criatura assim pode ser perfeita...
Ou isso é um amor doentio.

Cá para mim...posso sofrer... mas mulher que moi não merece amor..

Olhe eu, gosto de ser mimado e Amado...
Não tenho queda para sofredor!!

E gosto de amar...
Não só por amar aqui e além..
mas amar... e, sobretudo amar quem merece!

Um abraço. Ou um Hug!

sábado, fevereiro 18, 2006 5:43:00 da tarde  
Blogger Apache said...

Para a Cleópatra...

Desta vez estou completamente de acordo consigo.

Obrigado pelas suas palavras tão simpáticas!
Um grande beijinho!

sábado, fevereiro 18, 2006 7:57:00 da tarde  
Blogger Apache said...

Para o LusitanaPaixão...

"Não acha que para Indio acredita muito em rosas?"
Não só acredito muito em rosas, como uma vez ou outra, me esqueço que todas elas têm espinhos.

"Como é que criatura assim pode ser perfeita..."
De perfeito, ela só tem o aspecto físico, tal como as rosas...

"Amar quem merece"
Pois, eu acho que acbamos por amar apenas quem merece... o problema são as paixões...
Não sei se tem acompanhado a "discusão entre mim e a Morgana sobre as definições de amor e paixão, no blog da cleópatra... O que o autor do poema (que não é meu) chama de amor, eu chamo de paixão.

Não sei se estou a fazer-me compreender, também não quero pormenorizar...

Sabe qual é a frase "chave"?...
Para quê roubaste,
toda a fé que eu tinha?...

sábado, fevereiro 18, 2006 8:22:00 da tarde  
Blogger Apache said...

Ah, falta o mais importante, gostei e concordo com as suas palavras.
Mais desilusão, menos desilusão, a vida continua...

sábado, fevereiro 18, 2006 8:24:00 da tarde  
Blogger moicano said...

Descobri o seu blogue, o último dos moicanos eu, que era até há pouco, o primeiro deles. Felicidades.

sábado, fevereiro 18, 2006 9:54:00 da tarde  
Blogger Cleopatra said...

Oh Apache , vá ao blog do Moicano que ele em Agosto, tirou-lhe uma foto!!!!

sábado, fevereiro 18, 2006 10:56:00 da tarde  
Blogger DarkMorgana said...

Outro Moicano!
Estamos a ser invadidos por índios!!
Se um moicano incomoda muita gente...

Então...vamos às definições...

Amor: sentimento que nos impele para o objecto dos nossos desejos; objecto da nossa afeição; paixão; afecto; inclinação...

Paixão: tendência dominante, ou mesmo dominadora e geralmente exclusiva que que exerce de modo mais ou menos constante uma acção directora sobre a conduta e o pensamento, orientando os juízos de valor, e impedindo o exercício de uma lógica imparcial; sentimento profundo; grande predilecção; afecto violento; amor ardente...etc...

Bem...independentemente das definições do dicionário, para mim amor é algo muito mais estável, calmo, duradouro e mais racional do que a paixão. Algo que sobreviveu à paixão, ao tempo, às dificuldades...
Considero diferente o amor que se sente por um homem do que se sente por um filho ou por um pai ou mãe.
Podem ter a mesma intensidade, mas são completamente diferentes.
Um amor dura uma vida inteira... uma paixão pode transformar-se em amor...como se fosse um estado de alma que antecede o amor...

E o que é que eu acho que é a paixão?...é talvez a fase do amor mais empolgante!
A paixão é um sentimento arrebatador, completamente extasiante, invade todos os sentidos, domina todos os pensamentos, tira a fome, o sono...
é quando se toca na outra pessoa e "dá choque", é quando se dança com a outra pessoa e parece que o resto do mundo deixa de existir, é quando se pensa na outra pessoa assim que se acorda, depois de sonhar com ela, e se adormece a pensar nela...
paixão é um estado de alma em turbilhão, é uma magia constante no ar, é ver a outra pessoa em cada pequena coisa que se faz...é querer partilhar com a outra pessoa tudo o que se vê de bonito...

A atracção física ou a química que existe entre duas pessoas é a primeira fase da paixão...

O grande problema são os "pinga-amor" que depois de se sentirem atráidos por alguém e de conseguirem o que querem, partem para outra "vítima" sem se importarem no que a pessoa que ficou para trás sente por elas ou não...
Só se preocupam em coleccionar "troféus"!!!
Esses nunca se chegam a apaixonar sequer...nem nunca saberão o que é amar...

Estamos entendidos? Ou ainda não?

sábado, fevereiro 18, 2006 11:23:00 da tarde  
Blogger Apache said...

Olá Moicano, constata-se é o primeiro.
Obrigado pela visita. Volte sempre que quiser, a "casa" também é sua.

domingo, fevereiro 19, 2006 3:01:00 da manhã  
Blogger Apache said...

Ó cleópatra, estou intrigado... Tirou-me uma foto em Agosto?... Mas eu em Agosto não tinha blog?!

Vou investigar!...

domingo, fevereiro 19, 2006 3:03:00 da manhã  
Blogger Apache said...

Para a Morgana...

Ah, afinal não temos pontos de vista tão diferentes assim, quase concordamos.
Há feiticeiras muito rabugentas... benza-as Deus...

Para não estar sempre a discordar, desta vez, começo por destacar do que escreveste, os pontos de convergência...

"Amor é algo muito mais estável, calmo, duradouro e mais racional do que a paixão."
Retiro o "mais estável" e assino por baixo.

"Um amor dura uma vida inteira... uma paixão pode transformar-se em amor..."
Totalmente de acordo.

"A paixão é um sentimento arrebatador, completamente extasiante, invade todos os sentidos, domina todos os pensamentos, tira a fome, o sono...
é quando se toca na outra pessoa e "dá choque", é quando se dança com a outra pessoa e parece que o resto do mundo deixa de existir, é quando se pensa na outra pessoa assim que se acorda, depois de sonhar com ela, e se adormece a pensar nela...
paixão é um estado de alma em turbilhão, é uma magia constante no ar, é ver a outra pessoa em cada pequena coisa que se faz...é querer partilhar com a outra pessoa tudo o que se vê de bonito..."
Também subscrevo na integra, excepto a parte da dança (ninguém é mais pé de chumbo que eu!).

Em que é que discordo?...

Quando no dicionário se fala em "geralmente exclusiva", eu diria, dirigida a um pequeno conjunto de pessoas; quase sempre menor que o conjunto das que amamos.

Em relação à tua opinião, como já te tinha dito, no blog da Cleópatra, não faço distinções no amor que sinto por uma mulher, um filho, uma mãe ou um amigo.
Amar alguém é preocuparmo-nos com a felicidade dessa pessoa, é colocar o bem-estar dela como primeira prioridade da nossa vida, é pensarmos primeiro nela em deterimento de nós. É morrer por essa(s) pessoa(s) se necessário for.

Nem sempre a paixão antecede o amor.
Tenho dúvidas se alguma vez conseguiria amar uma pessoa que eu cá sei!... Portanto há paixões que são "apenas" isso e nada mais.

Também não acho que a paixão se perca com o tempo, ou com o envelhecimento das pessoas... é algo que vai para além do que os olhos vêem, do que a pele toca, do que os lábios dizem... são leis imutáveis e univesais da física e da química, são cargas de sinal contrário, em eternas diferenças de potencial, são forças magnéticas entre pólos de diferente nome, são reacções perpetuamente reversíveis, cujos reagentes nunca se esgotam. É mais que o "pecado da carne" é a fusão do espírito, pelo menos quando é correspondida.

"A atracção física ou a química que existe entre duas pessoas é a primeira fase da paixão..."
Pronto, para variar, também discordo!...
A atracção física é uma forma ténue de paixão, não a primeira fase, porque não evolui para ela.
Não acredito no amor à primeira vista. Só se ama alguém com quem nos identificamos, ou por laços de sangue, ou por conhecimento profundo, por isso o amor vai-se construindo.
Mas a paixão ou é à primeira vista ou nunca será. Olha-se para alguém que nunca se viu e a voz embarga-se e as pernas tremem e, um arrepio percorre-nos de alto a baixo e nada mais existe... A "única" razão da nossa existência, passeia-se provocadoramente à nossa frente desafiando as leis da vida, desdenhando da lei da morte!...

Devolvo a pergunta...
Estamos entendidos? Ou ainda não?

domingo, fevereiro 19, 2006 4:24:00 da manhã  
Blogger LusitanaPaixão said...

LIVRA!!!!

EU ESTOU APAIXONADO!!!!
SABEM PORQUÊ???!!!

"A paixão é um sentimento arrebatador, completamente extasiante, invade todos os sentidos, domina todos os pensamentos, tira a fome, o sono...
é quando se toca na outra pessoa e "dá choque", é quando se dança com a outra pessoa e parece que o resto do mundo deixa de existir, é quando se pensa na outra pessoa assim que se acorda, depois de sonhar com ela, e se adormece a pensar nela...
paixão é um estado de alma em turbilhão, é uma magia constante no ar, é ver a outra pessoa em cada pequena coisa que se faz...é querer partilhar com a outra pessoa tudo o que se vê de bonito... "

É querer vê-la, falar-lhe a toda a hora, é sentir a imagem dela a aparecer em tudo, todo o lado, a toda a hora...AI AI.............
É tão BOM!

PORRA! Vocês são tão complicados!!

domingo, fevereiro 19, 2006 2:58:00 da tarde  
Blogger Apache said...

"PORRA! Vocês são tão complicados!!" E então?... Isso é bom ou mau?

segunda-feira, fevereiro 20, 2006 12:50:00 da manhã  
Blogger DarkMorgana said...

Bolas, Apache!
"A "única" razão da nossa existência, passeia-se provocadoramente à nossa frente desafiando as leis da vida, desdenhando da lei da morte!..."

Isso pode ser considerado uma ameaça para mulheres que tu vejas pela primeira vez!!!
É melhor dizeres à malta qual é o teu aspecto físico, não??
Eu é que não queria fazer parte das "únicas" razões da tua existência!!!

segunda-feira, fevereiro 20, 2006 1:26:00 da manhã  
Blogger DarkMorgana said...

Lusitanapaixão!
Ainda bem que está apaixonado!
E esperamos que assim continue por muito tempo, a suspirar pelos blogs "Ai ai...é tão bom!"

segunda-feira, fevereiro 20, 2006 1:29:00 da manhã  
Blogger Apache said...

Tens umas piadas muito giras... Tens, tens!...

segunda-feira, fevereiro 20, 2006 2:12:00 da manhã  
Blogger Apache said...

"Eu é que não queria fazer parte das "únicas" razões da tua existência!!!"
Não faz quem quer... faz quem pode!...

segunda-feira, fevereiro 20, 2006 2:14:00 da manhã  
Blogger Nikola said...

Lindo!

Foram todos à procura da fotografia, não disfarcem!

quinta-feira, fevereiro 23, 2006 2:05:00 da manhã  
Blogger Cleopatra said...

O Angel não sai da beira do mar..

O Apache não sai do jardim!

Qual foto ?

Qual foto Nikola??

Ah! Viva VOLTOU
Anda tudo fugido.
Até a morgana desertou!
Bah!

quinta-feira, fevereiro 23, 2006 10:49:00 da tarde  
Blogger Apache said...

Seja de novo bem-vinda, NiKola.
Também não percebi a que fotografia se refere?...

Eu tenho passado pelo se blog, Cleópatra, não me diga que está com saudades dos disparates que eu publico?...

sexta-feira, fevereiro 24, 2006 1:29:00 da manhã  
Blogger Nikola said...

" Cleopatra said...
Oh Apache , vá ao blog do Moicano que ele em Agosto, tirou-lhe uma foto!!!! "

Deve ser o Amor que deixa todos esquecidos!

sexta-feira, fevereiro 24, 2006 10:29:00 da manhã  
Blogger Apache said...

Ah, essa!... Eu estive no blog do Moicano, depois de lêr a dica da cleópatra. Não comentei a foto porque não quis parecer babado. Eu sei que sou fotogénico, mas aquela fotografia favorece-me exageradamente!...

sexta-feira, fevereiro 24, 2006 4:59:00 da tarde  
Blogger Cleopatra said...

Estou com saudades dos disarates sim.

E estou Farta desta "rosa"..

Vamos lá a mudar o cenário!

Ah! A Foto!
Ficou bonito não ficou.

Só não percebo porque é que em Agosto andava c tanta fatiota!

sábado, fevereiro 25, 2006 3:45:00 da tarde  
Blogger Nikola said...

Fotogenia e fatiota domingueira deveria estar em alguma cerimónia!

sábado, fevereiro 25, 2006 4:03:00 da tarde  
Blogger Apache said...

Ora... fatiota domingueira... Agosto... Já sei, devo ter ido a uma inauguração com o José Trocas-te.

segunda-feira, fevereiro 27, 2006 1:43:00 da manhã  
Blogger Apache said...

Cara cleópatra, pediu e o cenário mudou!... A música é que é a mesma, mas com o tempo mudará!

segunda-feira, fevereiro 27, 2006 1:45:00 da manhã  
Blogger Cleopatra said...

Esperemos que a música não mude..

Mude a Musa!

terça-feira, fevereiro 28, 2006 10:37:00 da tarde  
Blogger Apache said...

Tentarei, mas...

quarta-feira, março 01, 2006 2:22:00 da manhã  

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home