O Último dos Moicanos: Quem lucra com o "Aquecimento Global"?

sexta-feira, 28 de setembro de 2007

Quem lucra com o "Aquecimento Global"?

Quando se fala de “Aquecimento Global” há, quase inevitavelmente, uma tendência para a bipolarização: os que querem salvar o planeta pensando nas gerações futuras, e os que só se preocupam com o seu umbigo e com o dia-a-dia; os protectores da natureza, e os poluidores inveterados; os verdes e os cinzentos; os Democratas, e os Republicanos; os do Governo, e os da oposição; os cientistas, e os ignorantes. Não sou um adepto da simplificação do real, ao ponto da bipolarização pura e simples, se o fosse, diria que os dois lados em conflito, nesta questão, são: as grandes multinacionais, que se preparam para facturar milhões com o negócio, e o imenso Zé-povinho anónimo que pagará com o esforço do seu trabalho, através dos impostos e da subida dos preços dos bens de consumo, o crescimento exponencial das fortunas de poucos.
Aqui fica uma (reduzida) lista das (principais) empresas que patrocinam o mito…
ABB, Air Products, Alcan, Alcoa, American Electric Power, American International Group, Bank of América, Baxter, Berkshire Partners, Boeing, Boston Scientific Corporation, BP, Califórnia Portland, Cascade Investments, Carbon Investments, Carlyle Group, Castle-Harlan, Caterpillar, Cement, CH2M Hill, ChevronTexaco, CitiGroup, Cogentrix, Conoco, Cummins, Daimler-Chrysler, Deere & Company, Detroit Edison, DTE Energy, Deutsche Telekom, Dow Chemical Company, Duke Energy, DuPont, Entergy, Environmental Defense, Exelon, FedEx, Florida Power and Light, Ford Motor, General Electric, General Motors, Generation Investments, Goldman Sachs, Georgia-Pacific, HP, Holcim, IBM, Intel, Interface, John Hancock Financial Services, Johnson & Johnson, Lehman Brothers, Lockeed Martin, Logen Corporation, Marsh, Morgan Stanley, Northeast Biofuels, Novartis, NRG Energy, Occidental Petroleum, Ontario Power Generation, Pechiney, Pacific Gas and Electricity, Pepsi, PHH Arval, PNM Resources, Rio Tinto, Rohm and Haas, Royal Dutch Shell, SC Johnson, Siemens, Sun Edison, Sunoco, Toyota, TransAlta, United Tecnologies, Wal-Mart, Weyerhaeuser, Whirlpool, Wiscosin Energy, Xerox.
Apache, Setembro de 2007

Etiquetas: , ,

11 Comments:

Blogger gata said...

Ah! o teu blog comeu o meu comentário!!!
Agora não vou dizer tudo outra vez!
GGGRRRRR!!

Um beijo e um abraço arranhado!

sábado, setembro 29, 2007 8:48:00 da manhã  
Blogger Apache said...

E agora como é que eu sei o que escreveste? Radiografo a barriga do blogue?

sábado, setembro 29, 2007 3:41:00 da tarde  
Blogger cris said...

looooooooooooooooool malucos, na riografem que isso é perigoso para a camada do sono...


Olha lá na lista vem Rio Tinto a que propósito? Isso na fica na América... espero eu... os gajos têm a mania de copiar nomes de cidades europeias agora na esperava esta ahahahahah

o resto é praticamnete tudo from USA ou made lá..., right?

Era de prever... quanto à bipolaridade, eu acho que já estou é tripolar e a procissão inda vai no adro... boa semana para ti

sábado, setembro 29, 2007 8:13:00 da tarde  
Blogger gata said...

Não foi isto que comentei anteriormente mas, mais uma vez...esqueces que sou gata?
Ou achas que chego aqui e te leio na diagonal, digo meia duzia de palavras, lambo dois bigodes e vou embora?? Não é o caso. Nunca foi. leio-te de fio a pavio e releio se necessário for. E volto a reler e posso até nem comentar. Mas se comento e quando comento gosto de saber do que falo, posso ter uma opinião igual ou diferente, ou até nem ter ainda, mas...
bolas! conheço muito menos de metade dessas empresas...um link assim no nome tinha-me dado tanto jeito!!
Beijinho, pequenino, que me dás muito trabalho!

domingo, setembro 30, 2007 11:24:00 da manhã  
Blogger Apache said...

Para a Cris…
Rio Tinto é uma multinacional, com sede nos Estados Unidos. Um gigante da exploração de minérios, desde o sal ao urânio, passando pelo ferro, alumínio, cobre, titânio, ouro e diamantes. Estão a tentar comprar a canadiana Alcan, também no negócio dos alumínios.
Quase todas as outras empresas são multinacionais com sede nos Estados Unidos, as excepções, que eu saiba, além da Alcan, são: a BP, petrolífera com sede em Londres; a empresa de telecomunicações, Deutsche Telekom, alemã; a Novartis, farmaceutica suiça que resultou da fusão da Ciba-Geigy com a Sandoz; a Pechiney, outra gigante do alumínio e do cobre, esta francesa; a Shell, petrolífera com sede na Holanda; a Siemens, da electrónica, alemã; e a Toyota, japonesa.

Para a Gata…
Obrigado pela leitura assidua e atenta. Quanto aos link’s, pensei que salvo uma ou outra excepção, fossem empresas muito conhecidas. Encontras facilmente as páginas oficiais, através do google. Tanto link também me dava muito trabalho, lol.

domingo, setembro 30, 2007 4:10:00 da tarde  
Blogger cris said...

Xiiii sou muito ignorante... na sabia
e pus-me a brincar sorry.
É que Rio Tinto pertence a Gondomar e Gondomar tb tem mafiosos, eheheh percebes?

Claro que percebes...
Obrigada pelo esclarecimento.

bom resto de domingo

domingo, setembro 30, 2007 5:51:00 da tarde  
Blogger gata said...

Olá

A Ki passou-se de vez!
Vai aqui : http://www.catacumbas.blogs.sapo.pt.
e vê o que ela fez!

domingo, setembro 30, 2007 11:41:00 da tarde  
Blogger redonda said...

Bem, eu até costumo ler atentamente (embora às vezes não comente) mas a referência a Rio Tinto tinha-me passado despercebida até aos comentários...senão, teria achado engraçado porque Rio Tinto/Gondomar fica perto daqui e já passei por lá...:)

segunda-feira, outubro 01, 2007 1:58:00 da manhã  
Blogger Apache said...

Olá Cris, eu percebi que estavas a brincar.

Olá Redonda, também sei que és uma das leitoras mais atenta, obrigado. E acho que Rio Tinto também é uma marca portuguesa de roupas.
Beijinho :)

terça-feira, outubro 02, 2007 2:16:00 da manhã  
Blogger M@nza said...

Engraçado esta do Rio Tinto
Segundo a Wikipédia Rio Tinto tanto pode ser:
1 - cidade na Paraíba, Brasil
2 - freguesia no concelho de Esposende, Portugal
3 - um rio em Espanha
... mas quanto a mim Apache este Rio Tinto refere-se ao segundo maior grupo mineiro do mundo,correcto?
Realmente os grandes interessados são os maiores poluidores que através da introdução no mercado de produtos "anti-poluição" conseguem por vezes causar piores situações que a própria poluição.
Assim quem fica a ganhar são os governos que lhes dão cobertura e como bem disseste recebem o produto final: impostos.
Para quando energias alternativas ao petróleo??

terça-feira, outubro 02, 2007 4:23:00 da tarde  
Blogger Apache said...

Era mesmo a essa "Rio Frio" que me referia, Manza. Obrigado pelo contributo.
"Para quando energias alternativas ao petróleo?" Só quando o petróleo deixar de render fortunas colossais a estes “sanguessugas”.

quarta-feira, outubro 03, 2007 1:31:00 da manhã  

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home