O Último dos Moicanos: Intemporal ou profético?

sexta-feira, 25 de janeiro de 2008

Intemporal ou profético?

“Este governo não cairá porque não é um edifício, sairá com benzina porque é uma nódoa.”
Eça de Queiroz em “O Conde de Abranhos”

Etiquetas: , ,

5 Comments:

Blogger Maria said...

sempre actual!

ou seja a classe politica não muda...sempre o mesmo nojo!!

Bjs

domingo, janeiro 27, 2008 6:18:00 da manhã  
Blogger gata said...

profeticamente intemporal!

domingo, janeiro 27, 2008 9:40:00 da tarde  
Blogger Cleopatra said...

Profetico e..........(um)TEMPORAL!!!!

segunda-feira, janeiro 28, 2008 7:31:00 da tarde  
Blogger cris said...

Sempre achei Eça visionário... Ou então se bem se pensar, nada mudou em dois séculos... só nódoas, num pano igual. blaghhhhhhh

terça-feira, janeiro 29, 2008 8:03:00 da tarde  
Blogger Apache said...

Mudaram as moscas, Maria e Cris.

Como são sempre as professias, Gata?!

De um temporal precisamos nós, Cleo. Um vendaval que varra o lixo.

quarta-feira, janeiro 30, 2008 12:56:00 da manhã  

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home