O Último dos Moicanos: Os preços da mentira

quarta-feira, 19 de março de 2008

Os preços da mentira

Não há economista que se preze que não associe as alegadas dificuldades económicas do país e as subidas nos índices de preços no consumidor aos sucessivos recordes do preço do petróleo nos mercados internacionais. Mas, o petróleo subiu? Onde? Quanto? E em relação a quê? As tabelas (e o gráfico) à esquerda mostram a evolução da cotação do euro face ao dólar norte-americano e a evolução do preço do petróleo nesta moeda, no mercado nova-iorquino, e a evolução do preço dos combustíveis em Portugal. Atente-se no ano 2000, em que a cotação do euro oscilou entre os 0,8252 e os 1,0388 dólares. O valor médio destes números é 0,932 dólares. Neste mesmo ano, o preço do crude rondou os 65 dólares por barril. Fazendo a conversão para euros, obtemos o valor de 69,74 € por barril. Na passada segunda-feira, o petróleo atingia o seu máximo de sempre, cotando-se a 111, 42 dólares por barril, enquanto o euro, também ele recordista, se fixava em 1,5842 dólares. Significa isto que, cada barril de petróleo, custava 70,33 euros. Conclusão, em oito anos, o preço do petróleo subiu 59 cêntimos por barril ou seja, menos de 4 cêntimos por cada 10 litros. Que recorde impressionante, que tudo explica…
Quanto aos preços dos combustíveis em Portugal… Infelizmente não me lembro dos preços deles em 2000, mas consegui encontrar os de 2002. Então, repetindo o exercício anterior, mas agora para 2002, temos 63,5 dólares para preço médio do barril de petróleo e uma taxa de câmbio média de 0,95325 dólares por cada euro. Significa que cada barril de petróleo custou, em média, em 2002 66,61 €. Na segunda-feira custava 70,33 euros, ou seja, mais 0,0234 euros por litro. A gasolina vende-se nos postos Galp a 1,40 € por litro, mais 49,1 cêntimos que o preço médio de 2002. O gasóleo custa nos mesmos postos 1,26 € por litro, mais 59 cêntimos que há 6 anos atrás. Resumindo, a gasolina aumentou 21 vezes mais (e o gasóleo 25 vezes mais), em Portugal, que o petróleo nos mercados internacionais. Porque será que ninguém fala disto?
Apache, Março de 2008

Etiquetas: , ,

4 Comments:

Blogger DarkMorgana said...

Confesso que , tal como grande parte do Zé-Povinho, tenho alguma tendência a (em relação às coisas que me interessam menos) "papar" o que me impingem como certo.

Felizmente, sei que posso compensar isso, cada vez que na blogosfera procuro blogs como o teu!
Devia haver mais um prémio - "Blog que abre os olharapos à malta"!

Continua sempre a pôr em causa, o que deve ser posto em causa, Apache, e a provar por a+b os indrominaços que fazem à malta.

O Zé-Povinho já conta contigo!!!

Beijos

quarta-feira, março 19, 2008 12:18:00 da tarde  
Blogger Diogo said...

Muitíssimo bem visto, caro Apache. Se calhar, e não te importares, vou-te roubar o post.

Um abraço.

quarta-feira, março 19, 2008 6:30:00 da tarde  
Blogger cris said...

Já tinha pensado nisto, sabes... principalmente porque atesto a máquina vezes demais, comparando com o que fazia há dois ou três anos atrás. De facto, é escandaloso porque é claro como a água que estamos a ser roubados pelos próprios cidadãos que gerem mal este país... não é de espantar... mas mete imenso nojo. Isso mete.


Beijocas enormes e boa Páscoa!

quarta-feira, março 19, 2008 10:27:00 da tarde  
Blogger Apache said...

“Confesso que, tal como grande parte do Zé-Povinho, tenho alguma tendência a (em relação às coisas que me interessam menos) "papar" o que me impingem como certo.”
Temos todos, essa tendência, Morgana. A confiança que depositamos em quem “detém” o poder (os políticos) ou o conhecimento (os cientistas) leva-nos a acreditar que são pessoas de bem. Começo a achar que isso não se aplica à larga maioria deles. Eu também já dei como certas muitas coisas que hoje consigo provar que estão erradas. Deve ser a isto que chamam envelhecimento (lol).

À vontade, Diogo. Eu entretanto passei as três imagens para uma só, para melhorar a formatação do ‘post’.

É que quanto mais caros pagamos os combustíveis mais ganham as petrolíferas e o estado, visto que sobre eles cobra dois impostos, ambos em percentagem (IPP e IVA).
Boa Páscoa!

quinta-feira, março 20, 2008 1:23:00 da manhã  

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home