O Último dos Moicanos: Morrer da cura

sexta-feira, 26 de setembro de 2008

Morrer da cura

“A person went to a doctor who diagnosed a potentially fatal disease.The doctor prescribed a course of treatment that was claimed to halt the disease and restore good health. Unfortunately the treatment was too much for the person, who died a slow and excruciating death. Many years later a post-mortem was carried out on the patient. It was discovered that the disease was non-existent and the person was very healthy. It was the course of treatment that killed him!
(Sound familiar? Just substitute person for economie; doctor for climate scientist; disease for anthropogenic global warming; and treatment for eliminate CO2 emissions.)"
[William Kininmonth, climatologista, ex-colaborador do Painel Intergovernamental para as Alterações Climáticas e da Organização Meteorológica Mundial]
Apache, Setembro de 2008

Etiquetas: ,

3 Comments:

Blogger Diogo said...

É extraordinário que todos os canais de televisão (incluindo os da TV Cabo), falam do «Global Warming» como de um facto indiscutível. Não há dúvida que a coisa está bem orquestrada. E se está orquestrada é porque há grandes dividendos a retirar desta luta «ecológica».

sexta-feira, setembro 26, 2008 9:52:00 da tarde  
Blogger Cleopatra said...

Tem lá um selo. Bjito

sábado, setembro 27, 2008 11:37:00 da manhã  
Blogger Apache said...

Este mito do "aquecimento global" já havia sido tentado, sem êxito, várias vezes no último século, Diogo. Desta vez prepararam-se melhor e corromperam meia dúzia de cientistas para venderem a balela.
Eu também estou convencido que este é um bom negócio, apesar da ‘falência’ do Lehman Brothers e das dificuldades da AIG dois dos grandes investidores no negócio. Mas as dificuldades económicas por que passam alguns destes supergigantes americanos é outra ‘estória’ mal contada.


Obrigado Cléo.

terça-feira, setembro 30, 2008 2:32:00 da manhã  

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home