O Último dos Moicanos: Prós e contras (professores versus ME)

quarta-feira, 26 de novembro de 2008

Prós e contras (professores versus ME)

Um debate bem mais interessante que o habitual, desta vez estavam presentes os dois lados do “conflito”, apesar de a balança pender (como convinha, que a tradição ainda é o que era) para o lado oficial. Um balanço telegráfico…
Armandina Soares, a Presidente do Conselho Executivo (PCE) de Vialonga e Inês de Castro, a PCE do Agrupamento do Monte de Caparica, julgam-se perseguidas por cento e muitos mil docentes… Calma meninas, quem vos persegue é tão só a vossa consciência!
Albino Almeida, o Super-Pai: “o processo [de avaliação] está parado.” Ups… Tiro no porta-aviões.
Fátima Campos Ferreira: “Sem quotas não há mérito.” A moderadora (loura) a fazer um striptease intelectual. Mandem os petizes para a cama…
Maria do Rosário Gama, a PCE da "melhor" escola pública, mostrou-se calma mas incisiva. Muito boa a metáfora do soldado, 140 mil professores marcham com um passo, o Ministério da Educação com outro e a ministra acha que tem o passo certo. Muito boa também, a afirmação de que a sua escola (primeira pública nos rankings) foi avaliada com “Bom” (uma nota a meio da escala) pela Inspecção Geral da Educação. Cada um que tire daí as ilações que entender.
Mário Nogueira esteve bem, na generalidade, mas deixou-se provocar pelo Secretário de Estado.
Maria do Céu Roldão era o papagaio de serviço. A senhora doutora em ciências ocultas, perdão, ciências da educação, era a ‘pedaboba’, quero dizer, pedagoga, de serviço. O seu currículo indesejável, lá estou eu outra vez, invejável, isso sim, fala por si. O que deveria ser suficiente para a manter calada, mas… Pelos livros que publicou e pelas aulas de doutoramento que leccionou na área do desenvolvimento curricular, é uma das principais responsáveis pelo estado lastimável a que isto chegou. A senhora não é deste mundo.
O Senhor Secretário de Estado… Who?... Sorry, i don’t speak Portuguese.
Apache, Novembro de 2008

Etiquetas: , ,

3 Comments:

Blogger FERNANDA & POEMAS said...

Olá querido Amigo, gostei do texto... muito bom!!!
Beijinhos de carinho,
Fernandinha

quarta-feira, novembro 26, 2008 10:02:00 da tarde  
Blogger Fliscorno said...

Não sei se o Pai do País deu assim tanto um tiro no porta-aviões. O jogo de cintura tem caminhos perversos. Ele também disse que assim é o caos, não se pode continuar. Portanto, "ó migos, aceitem lá avaliação que estão a prejudicar os mininihos".

quinta-feira, novembro 27, 2008 12:39:00 da manhã  
Blogger Apache said...

Olá Fernanda, obrigado pela visita.

É uma leitura possível, Fliscorno. Eu também acho que o clima agitado que se vive nas escolas, se não prejudica, seguramente não beneficia os alunos. Até porque quanto mais tempo passam na escola, muitas vezes em reuniões inúteis, menos tempo resta para a preparação das aulas. De qualquer forma, reconhecer que a avaliação está parada (em largas centenas de escolas), quando o ME se esforça por passar a mensagem contrária, não deixa de ser um balde de areia na rotação da cassete oficial.

domingo, novembro 30, 2008 7:18:00 da tarde  

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home