O Último dos Moicanos: Filhos, da puta da política

domingo, 12 de março de 2006

Filhos, da puta da política

[Belgrado bombardeada pela Nato]
Morreu Slobodan Milosevic Finalmente venceram-te! Sabes… nunca simpatizei contigo, chamavam-te ditador, tirano, sanguinário, etc. Até sou capaz de concordar que a tua frieza e pragmatismo de discurso empolgava de tal forma as massas, que por vezes me pareciam os discursos de Hitler. Duvido que a manutenção de uma Jugoslávia unida justificasse 200 mil mortos.
Mas numa guerra há sempre dois lados, o diabo que escolha de qual está, que Deus, certamente, não está de nenhum! Nunca simpatizei contigo… até ao fatídico dia 24 de Março de 1999, em que, como escreveu Gabriel Garcia Marquez, Solana, “o homem que parecia incapaz de matar uma mosca deu a ordem mais vergonhosa do século." Xavier Solana, comandante da Nato, dá ordem (a mando dos E.U.A.) para bombardear um país soberano, não alinhado, com um governo legítimo à luz da lei internacional. Afinal, outros imitavam Hitler!
A partir deste dia, quase chegaste a bestial, não por teres deixado de ser uma besta, apenas porque bestas maiores se "levantavam". As mentiras que nos contaram para justificar o injustificável são o mesmo disco riscado de sempre. Ao longo da guerra e no período que lhe sucedeu, as sucessivas traições que foste sofrendo quase te transformaram num herói. Hoje, eras para muitos um símbolo da resistência.
Repito… Finalmente venceram-te!... Não é importante, se morreste por colapso cardíaco (e todos sabiam que a tua saúde era débil), se cedeste à tentação do suicídio (como esteve para acontecer quando Kostunica te vendeu por 100 milhões de dólares), ou se te envenenaram (como suspeitavas que poderia acontecer). A sombra do teu assassinato pairará para sempre sobre a cabeça daqueles que no mês passado recusaram que fosses a Moscovo para seres tratado. Sabias bem que a tua morte lhes dava muito jeito, estavam desesperados… cinco anos de julgamento e…
No dia em que deixaste de estar entre nós, não podia deixar de te prestar esta “pequena” homenagem… Foste um tirano?... Talvez!... Mas foste também o pai desta esperança… da mesma forma que a Jugoslávia não caiu em 78 dias de bombardeamentos, também muitos dirão... NÃO NOS VENCERÃO!!!
Apache, Março de 2006

Etiquetas: , , , ,

3 Comments:

Blogger DarkMorgana said...

Boa postagem, Apache!

segunda-feira, março 13, 2006 11:04:00 da tarde  
Blogger Cleopatra said...

Óptimo texto.
Óptima abordagem..
Gostei da visão podendo não concordar na totalidade.
Este Blog mudou de musa.
Gosto muito desta!
Parabéns!

terça-feira, março 14, 2006 12:26:00 da manhã  
Blogger Apache said...

Se a cleópatra quiser particularizar a discordância, esteja à vontade! Se bem que eu acho que sei onde ela está, talvez até concorde parcialmente com ela.

O blog mudou de musa (estava a ficar monofónico) mas quem devia ter mudado de musa era o autor. Melhores dias virão! Beijinho.

terça-feira, março 14, 2006 1:32:00 da manhã  

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home