O Último dos Moicanos: Ainda o Antárctico...

terça-feira, 1 de maio de 2007

Ainda o Antárctico...

O Antárctico é um continente coberto de gelo, rodeado por um oceano com o mesmo nome. Todos os Outonos, protegido pela longa noite polar, o gelo continental avança sobre o mar, atingindo no final do Inverno uma área que em Setembro de 2006 atingiu os 16 milhões de quilómetros quadrados. Com a chegada da Primavera e consequentemente da luz solar, que brilha ininterruptamente até ao final do Verão, o gelo marítimo derrete quase por completo. O gráfico da figura acima (resultante das observações de satélite da NASA) representa a variação anual dessa área de gelo (marítimo) nos últimos 28 anos, correspondendo os picos, aos máximos e mínimos de cada ano. No seu documentário "Verdade Inconveniente", Al Gore referiu que o aquecimento global estava a traduzir-se numa redução dos gelos do Antárctico. Qual redução? Ou eu ando a ver mal, ou há pessoas com uma imaginação muito fértil.
Apache, Maio de 2007

Etiquetas: ,

10 Comments:

Blogger Sulista said...

Ahahahaahah....bom, ainda bem que assim se mantem ;-)

Bjs
Vai lá comer uma fatia de bolo...

terça-feira, maio 01, 2007 10:49:00 da tarde  
Blogger redonda said...

Óptimo! Gosto mais da tua perspectiva. A ideia de futuramente ir para a praia em Trás-os-Montes não me parecia muito aliciante...

terça-feira, maio 01, 2007 11:00:00 da tarde  
Blogger Sulista said...

Hammmm...huummm...afinal, se fosse a ti, ia ver isto:

http://videos.sapo.pt/lNtKQOv2euGm9MZzBwkG


Bjs ;-)

quarta-feira, maio 02, 2007 1:24:00 da tarde  
Blogger Angel_Ariel said...

De qualquer modo, acho muito positivo o seu grito de alerta sobre esta questão…. E não tenho duvidas que os efeitos mais tarde se irão sentir, aliás alguns até já o estão…. O degelo dos pólos, a alteração dos ciclos climatéricos (sabe que as plantas e os animais andam baralhados?)… cada ano que passa existem mais probabilidades de existirem secas, cada vez mais severas e em oposição as enormes inundações…. Vagas de calor…. Enfim… isto está mesmo em perigo!!

Agora entendo porque não deixa a sua condição de “Apache”…

quinta-feira, maio 03, 2007 1:02:00 da tarde  
Blogger Apache said...

Olá Sulista. O vídeo refere-se ao Árctico, no Pólo Norte e o meu "post" ao Antárctico no pólo Sul. É um facto que determinadas zonas do planeta estão a aquecer, mais concretamente, parte significativa do hemisfério Norte (Oceano Árctico, incluído). Aliás, como tu sabes, uma boa mentira para ser "credível" tem de ter algo de verdadeiro nela. Se considerarmos as zonas que aqueceram e as zonas que arrefeceram, no seu conjunto, a temperatura média da Terra subiu uns décimos de grau (menos de 1 ºC) nos últimos 130 anos. É a isto que uns quantos pseudo-cientistas chamam de "Aquecimento Global", não apontando quaisquer justificações para o facto de quase todo o hemisfério Sul estar a arrefecer.
Mas o problema principal não é este. Entre as centenas de disparates que estes senhores inventaram, alguns são erros científicos grosseiros que não devemos deixar passar em claro. Em primeiro lugar, os "mídia" falam de consenso no assunto. Não é verdade. Centenas de conceituados cientistas escreveram cartas aos órgãos de comunicação social, a vários governos e à ONU, alertando para o facto de as teorias propagadas não conterem uma única prova do que se afirma. Em ciência uma teoria não confirmada pela prática vale NADA!
Não há uma só prova de que o aquecimento ligeiro de boa parte do hemisfério Norte seja antropogénico, isto é, causado pelo Homem. O Homem começou a lançar gases para a atmosfera, com a Revolução Industrial, em meados do século XVIII, acontece que nos séculos XI e XII, a Terra (pelo menos o hemisfério Norte era muito mais quente que hoje e não havia poluição. Quando por volta do ano 1000, os Vikings "descobriram" a Gronelândia, chamaram-lhe "Terra Verde", tal era a abundância de vegetação. Hoje a Gronelândia está quase toda coberta de gelo.
A quantidade de dióxido de carbono que o Homem lança para a atmosfera, corresponde a (menos de) três por cento (3%) do total lançado por fenómenos naturais. E o dióxido de carbono representa menos de 20% dos gases com efeito de estufa.
A maioria dos cientistas honestos, está convencida que nas próximas dezenas ou centenas de anos, a Terra vai aquecer, devido a uma intensificação cíclica da actividade solar, uma das possíveis explicações para o facto de o planeta ter sido bem mais quente no passado.
Uma prova da má-fé dos "fãs" do "Aquecimento Global" é que eles apresentam isso como algo negativo, assustando as pessoas, quando de facto, um aquecimento global significativo (da ordem dos 5 a 10 graus) traria muito mais vantagens que desvantagens.
Outra, é a de recusarem sistematicamente debates públicos com quem tem opiniões contrárias, e recusarem simultaneamente a apresentação de provas credíveis, alegando sempre que como há consenso é desnecessário o debate.
Boa parte das alternativas que nos propõem trazem consigo problemas ambientais bem mais graves, além de constituírem a médio prazo um retrocesso económico e uma degradação acentuada da qualidade de vida das populações mais desfavorecidas.

Se quiseres contra-argumentar, tu ou outra pessoa... Todas as opiniões são bem-vindas.

P.S. Publicado às 00:47, de 3 de Maios de 2007, foi corrigido às 16:15 do mesmo dia.

quinta-feira, maio 03, 2007 4:16:00 da tarde  
Blogger DarkMorgana said...

Eu se fosse a ti, completava o "post" com esta argumentação.

Parabéns por não fechares os olharapos...

sexta-feira, maio 04, 2007 1:16:00 da manhã  
Blogger Sulista said...

Não quero contra-argumentar pq gostei de ler o que escreveste agora...pois, estranho esta campanha toda e das outras opiniões contrárias nem se saber 'cá fora'...

Gostei de te ler...boa!

;-)
Bjs

sexta-feira, maio 04, 2007 9:29:00 da manhã  
Blogger Apache said...

Ó Angel, acho que não percebeu nada do que eu escrevi mas…
“O degelo dos pólos”.
Só o Norte, o Sul, antes pelo contrário.
“Mais probabilidades de existirem secas, cada vez mais severas”
Isto é contrário ao aquecimento global, mas palpita-me que vai acontecer, sim.
“Sabe que as plantas e os animais andam baralhados?”
Já reparei. E acha que menos de um grau era suficiente para os baralhar? De um dia quente para um dia frio, as diferenças não são muito maiores?
Até eu, às vezes ando baralhado… Não me diga que não se tem sentido assim nos últimos meses, com dificuldades de concentração, mais sonolento e com “brancas” de memórias recentes?

segunda-feira, maio 07, 2007 4:06:00 da manhã  
Blogger Apache said...

Com mais tempo, voltarei (inevitavelmente) a este assunto, Morgana.

Estranhas mesmo, Sulista?

O filme é longo, 1:13 e passou em Março no Channel 4 da televisão inglesa. Não diz tudo, mas vale a pena ver.

http://video.google.com/videoplay?docid=4499562022478442170

segunda-feira, maio 07, 2007 4:07:00 da manhã  
Blogger Sulista said...

Obrigada pelo vide e a informação/comentários lá no bloguito :-)
Vou ver hoje o tal filme...



Ugh!

segunda-feira, maio 07, 2007 12:45:00 da tarde  

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home