O Último dos Moicanos: Aquecimento Global - Conversa da Treta

sexta-feira, 8 de junho de 2007

Aquecimento Global - Conversa da Treta

No passado dia 4 de Junho, um papagaio, perdão jornalista, da “Lusa” escrevia assim: "A fusão dos glaciares acelerou nos últimos decénios, num fenómeno alarmante que testemunha o aquecimento global e que acentua, por tabela, as mudanças climáticas, refere um relatório publicado hoje." (A fusão dos glaciares acelerou, mas só a de alguns, que isto dos glaciares é como as pessoas, alguns são mais iguais que outros...) "Os gelos do Árctico recuaram de 6 a 7 por cento no Inverno e de 10 a 12 por cento no Verão nos últimos 30 anos, indica o relatório, apresentado pelo Programa das Nações Unidas para o Ambiente (PNUA) em Tromsoe, norte da Noruega, na véspera do Dia Mundial do Ambiente." (Assim está mais correcto, os gelos do Árctico (Pólo Norte) diminuíram, em média, nos últimos trinta anos, cerca de 1,2 milhões de quilómetros quadrados, o que corresponde a cerca de 8%. Em compensação, os gelos do Antárctico (Pólo Sul) aumentaram em área cerca de 3% e em volume cerca de 5%.) "As superfícies terrestres cobertas de neve fundiram também entre 7 e 10 por cento no hemisfério norte, no período de Março-Abril, nos três ou quatro últimos decénios, adianta o documento." (Pois, é a Primavera, não sei se já ouviste falar... E aposto que no Verão ainda vão fundir mais.) "Consequência do aquecimento da atmosfera, a fusão dos gelos tem também por efeito acelerar as mudanças climáticas, sublinham os investigadores. «A neve e o gelo reflectem 70 a 80 por cento da energia solar, enquanto a água a absorve, Se a neve e o gelo continuarem a fundir-se, isso ampliará o aquecimento climático», sublinhou Paal Prestrud, um dos autores do relatório, numa conferência de imprensa." (Falta a outra metade da "estória". Mais água e mais calor provoca maior humidade no ar, logo mais chuva e Verões menos quentes, mais vegetação, menos dióxido de carbono na atmosfera e arrefecimento global. O "gajo" que construiu isto é um "tipo" esperto... Não sei se já ouviste falar dele.) "«Cerca de 6.500 milhões de pessoas neste planeta optaram por um modo de vida baseado numa realidade tida como certa. Esta realidade está em vias de mudar ainda mais rapidamente que previsto», adiantou, por seu turno, o director do PNUA, Achim Steiner, também presente nesta cidade norueguesa do Árctico." (Hã? 6 500 milhões de pessoas, portanto toda a população mundial, vive numa realidade que não é real? Não digas disparates, há muita gente que não vê novelas nem telejornais, nem televisão têm!) "A aceleração do aquecimento climático torna as futuras evoluções mais imprevisíveis, sublinhou. Este processo «é de uma tal amplitude que a nossa capacidade de prever o futuro fica seriamente diminuída», referiu." (Humm, não sei se a astróloga Maya vai concordar contigo...) "«Isto significa que a necessidade de nos adaptarmos às mudanças climáticas é tão considerável em termos de consequências e de custos económicos que temos que agir imediatamente», acrescentou." (Também acho! Já comprei camisolas de manga curta e um stock extra de calções...) "Segundo os investigadores, cerca de 40 por cento da população mundial poderia ser afectada pelo recuo das superfícies cobertas de neve e dos glaciares da Ásia." (Pois, quando forem fazer férias na neve, vão ter de andar mais um bocadinho.) "Para numerosos rios, como o Ganges e o Mekong, com nascentes nos Himalaias, uma diminuição do gelo nesta cadeia montanhosa traduzir-se-ia numa diminuição dos recursos em água potável e de irrigação." (Enganaste-te, não é diminuição, é aumento, a neve derrete, portanto os rios ficam com mais água.) "A subida do nível dos oceanos, ligada à fusão dos glaciares terrestres, engoliria regiões costeiras e ilhas inteiras, por exemplo, no Bangladesh e na Indonésia." (Se os glaciares terrestres estivessem a diminuir, claro! Mas estas ilhas são as dos pobres, garanto-te que às ilhas artificiais do Dubai nada aconteceria.) "A fusão dos gelos poderá também contribuir para uma multiplicação dos acidentes meteorológicos como furacões ou inundações, que terão também um impacto directo sobre as populações, a economia e a fauna." (Sabes que o número de furacões não aumentou, nos últimos 30 anos? Mas para se evitarem alguns dos “acidentes meteorológicos” basta retirar os comandos dos aquecedores ionosféricos das mãos dos meninos da CIA e do FSB.) "No mundo animal, «as espécies indígenas (do Árctico) desapareceriam, porque não podem abandonar a região. Novas espécies aí se instalariam, provenientes do sul», afirmou Prestrud." (As espécies que lá estão não podem sair mas as outras podem chegar? Ah, pois, já me esquecia que no Árctico só se pode nadar num sentido...) "Animal emblemático do Grande Norte, o urso polar está também ameaçado de extinção nos próximos decénios devido ao recuo dos gelos." (Este andou a ver o documentário do Gore... No inverno, o gelo do Árctico ocupa mais de 13 milhões de quilómetros quadrados e no Verão, apenas 4 milhões, apesar disso, os ursos continuam lá. Aliás, já lá estavam à mil anos atrás quando a Gronelândia era um imenso prado verde e o local, muito mais quente que hoje.) "Algumas comunidades começaram já a adaptar o seu modo de vida à nova situação climática. Em algumas regiões da Groenlândia, onde a presença da calote glaciar já não é um dado adquirido, caçadores esquimós renunciam aos trenós, preferindo os "yoles", pequenas embarcações." (Os barcos são para andar nos lagos que se formam nas terras baixas, no Verão. Se o gelo da Gronelândia está a diminuir, então o satélite precisa de ir ao oculista...)
Apache, Junho de 2007

Etiquetas: ,

17 Comments:

Blogger cris said...

Olhaaaaaaaaaaa. Porque é que na pedem ao ME oara congelarem de novo os oceanos. Assim como assim, eles a nós congelaram muito depressa. Nem foi preciso tempo de espera. :)

Se a neve for toda para o Pólo Sul, não corremos risco de cair pelo universo fora?

Bom fds.

Eu na tou bem.Lol

sexta-feira, junho 08, 2007 6:52:00 da tarde  
Blogger Apache said...

"Se a neve for toda para o Pólo Sul, não corremos risco de cair pelo universo fora?"

Eh, eh... Fizeste-me lembrar os alunos do 7º ano, quando perguntam se os australianos estão mesmo de cabeça para baixo...

sábado, junho 09, 2007 4:26:00 da manhã  
Blogger Cleopatra said...

Não se ria Apache, A minha filha uma vez perguntou á professora porque não desatavamos a cair todos de repente... e se do outro lado isso não acontecia a toda a hora.

è que do outro lado acontecem tantas coisas que não conseguimos justificar do lado oposto.
Eu li o post com atenção.
Deliciei-me.
Aliás é aqui que venho buscar a "contra informação" quanto a este assunto.

Mas mesmo assim deixo-lhe uma pergunta.
Gente inteligente, e tenho-o como tal, pode ainda responder-me a esta:
O que leva estes senhores a fazerem tais afirmações??

Dada a minha deformação profissional constante, o porquê desta atitude intriga-me.

Um abraço.

sábado, junho 09, 2007 8:52:00 da manhã  
Blogger Sulista said...

Ahahahaha...tu desmontas estes artigos de uma forma que até mete em dúvida o que eles dizem...e bem explicado ;-)
Mas atão, é tudo aldrabice? porquê? ...é estranho :-O


Bom fds
Ugh!
:-)

sábado, junho 09, 2007 9:10:00 da manhã  
Blogger cris said...

Não admira. Ontem uns do 8º diziam que a sinistralidade diminui se em vez de caminhares pela esquerda ou direita da via , fores pelo meio. Outros há que escrevem autênticas teses para explicar que o 'Homem é o pior de todos os animai':
é porque às vezes faz coisas boas, é bom outras faz coisas más e é mau. Ando tão feliz com o que vou aprendendo.
Não tarda sou visitada pelo primo All, o alemão...cujo sobrenome mal me lembro, Zheomer, Zhimer, Zheimmer, sei lá, calquer coisa começada com Xis.

Bom fds

sábado, junho 09, 2007 2:17:00 da tarde  
Blogger Apache said...

Os putos estão cada vez piores, Cris... Ou seremos nós?!

Caras, Sulista e Cleópatra, quanta ingenuidade...
:)

domingo, junho 10, 2007 4:43:00 da manhã  
Blogger cris said...

Eu já acho que sou eu. Nada como a criatividade, certo? À pergunta: - a que verbo pertence a forma verbal da frase "eu suo ao correr...", ou coisa parecida, instalou-se o silêncio. E eu, que nunca me aguento muito tempo sem um disparate disse: - eu suo, forma verbal do verbo transpirar. Metade da turma aquiesceu. São tãoooooooooo ovelhinhas, credo. Tenho que os baralhar para os pôr a pensar. Enfim. Talvez seja culpa do sol ou do degelo. :)

domingo, junho 10, 2007 12:24:00 da tarde  
Blogger redonda said...

Bem, isto é positivo. Quando começar a ficar preocupada veio ler-te :)

domingo, junho 10, 2007 1:53:00 da tarde  
Blogger Apache said...

Humm, és professora de Português, Cris?

Acho bem, Redonda, os meus textos menos efeitos secundários que os ansiolíticos :)

domingo, junho 10, 2007 2:36:00 da tarde  
Blogger M@nza said...

Isto do aquecimento global também tem algumas coisas a favor, como é o caso das férias do pessoal.
Senão vejamos: as férias durante os meses tradicionais de verão?? são geralmente mais caras que as gozadas nos meses de "inverno", certo??
Quem quizer gozar as férias nos meses ditos de "inverno" tem direito a mais 5 dias que as gozadas totalmente nos meses de "verão". certo???
Ora aqui entra o aquecimento global. porquê?? porque hoje em dia conseguimos ter dias considerados de "verão" no "inverno" e assim poderemos ir à praia sem sair daqui e ainda ganhamos 5 dias. cool.
E assim, ainda vamos ao encontro das pretenções do governo que nos diz: Faça férias cá dentro - e ainda conseguimos um bom bronze no Natal. ihihihi
Assuntos sérios, mas que não deixam de nos preocupar.
um abraço apache sempre na vanguarda da pradaria.

domingo, junho 10, 2007 11:47:00 da tarde  
Blogger cris said...

malheureusement oui. ehehehehe

segunda-feira, junho 11, 2007 2:21:00 da manhã  
Blogger Apache said...

Não sabia desta vantagem, Manza, os professores, antes de 15 de Julho, só podem tirar férias um dia de cada vez, até um máximo de 12, a descontar (sempre) no total de dias de férias e, segundo o novo estatuto, se o fizerem, arriscam-se a não progredir na carreira.

Esclarecido, Cris :)

segunda-feira, junho 11, 2007 3:17:00 da manhã  
Blogger Cleopatra said...

pOis... eos Juízes? Nem se fala!

segunda-feira, junho 11, 2007 8:29:00 da manhã  
Blogger cris said...

Apache, já na são doze
são só cinco, a descontar e não é a partir de 15 de Julho. Inda ficas sem férias este ano, rapaz. ahahahaha é a partir de 23 acho eu. Estamos ainda melhor que antes. Mas isso nemé relevante para quem nos acha parasitas da sociedade e gajos cheios de sorte. Bahhh Não quero falar de férias... fico depre ahahahahahah


Inté
A Cleopatra é que tem razão, os juízes sim, têm férias. Lol Devcia ter sido juíza.

segunda-feira, junho 11, 2007 3:08:00 da tarde  
Blogger Sulista said...

vai lá ler isto ao meu blog:

«Tarrafal- A Vitória é dificil mas é nossa!»
(...)Kaos, Cris, Laurentina, BraganzaMother, portugalProfundo, Apache, etc, etc, estão-me a ouvir?? ...ou julgam que eu iria dispensar a vossa companhia, hein?! :-)

http://sulista.blogspot.com/


Bjs ;-)

segunda-feira, junho 11, 2007 7:26:00 da tarde  
Blogger Apache said...

Tens razão quanto ao gozo antecipado de férias, Cris (acho que ainda ando atrasado no tempo, são tantas as “novidades” que me deixei ficar para trás…Lol), segundo o novo Estatuto da Carreira Docente (Decreto-Lei nº 15/2007 de 19 de Janeiro), artigo 102º - “O docente pode faltar um dia útil por mês, por conta do período de férias, até ao limite de cinco dias úteis por ano.”
Quanto à data em que elas podem ser gozadas, não vejo mais nenhuma imposição legal, além desta, artigo 85º (do Estatuto) – “As férias do pessoal docente em exercício de funções são gozadas entre o termo de um ano lectivo e o início do ano lectivo seguinte.”
Já agora, a afirmação do Manza, fundamenta-se no nº1 do artigo 7º do Decreto-Lei nº 100/99 de 31 de Março (que eu de facto devia conhecer, por ser o regime de férias, faltas e licenças da função pública, mas escapou-me este ponto que não se aplica aos docentes).
Qualquer dia vais poder ser juíza, Cris, uma vez que vai deixar de ser necessária uma licenciatura (base) em direito para aceder à profissão… Lol. Eu por mim, prefiro ir para jogador de futebol…

Vou passar por aí agora, Sulista.

segunda-feira, junho 11, 2007 9:48:00 da tarde  
Blogger cris said...

Ahahahah tinha esquecido Apache, que se prevê a possibilidade dos prods fazerem especializações malucas em direito, sociologia ou assistência social, entre outras. Não vou dizer quais os diplomas e decretos porque detesto legislação. Ainda bem que há gente como tu, porque sempre me vão orientando. Odeio essa literatura e não gosto nada da forma como é escrita ou redigida. Dá-me sonoooooooooooooooo.

Jogador de futebol é fixe. Eu prefiro ser modelo ou actriz. ahahahahahahah

terça-feira, junho 12, 2007 6:14:00 da tarde  

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home