O Último dos Moicanos: O Choque... (tecnológico)

quarta-feira, 1 de novembro de 2006

O Choque... (tecnológico)

Há alguns dias atrás, o Correio da Manhã noticiava que no Orçamento do Estado para 2006 está prevista uma verba de 219 090 Euros para despesas de telemóvel do gabinete do Sr. Primeiro Ministro.
Tentando justificar o injustificável, um responsável governamental que o jornal não identifica terá argumentado o seguinte… “O telemóvel é um instrumento de trabalho fundamental para o primeiro-ministro, ele está sempre em contacto com o seu gabinete e com os próprios ministros. Logo que há alguma coisa, liga directamente para os ministros, durante a semana ou ao fim-de-semana.” Muito bem, proponho então, agora, que façamos um pequeno exercício, recorrendo a uma vulgar calculadora. Ora, o Sr. José Sousa está sempre em contacto com os membros do seu governo. Sempre, excepto quando está a dormir ou com a boca cheia (de comida, claro!). Portanto, admitindo que o Sr. Sousa dorme 8 horas por dia e precisa de uma hora para se alimentar, restam-lhe 15 horas, que multiplicadas por 60 minutos e por 365 dias do ano (que o Sr. José é dedicado e nas férias também trabalha), dá 350 400 minutos. Partindo do pressuposto que o Sr. PM tem um tarifário banal nos telemóveis do seu gabinete, (porque os há mais baratos) tipo, Pack PME da Vodafone, a 0,14 cêntimos por minuto para todas as redes, então o Sr. José Silva gasta num ano, 45 990 Euros. Resta então para os restantes membros do seu gabinete a verba de 219 090 – 45 990 = 173 100 Euros. Acontece que os funcionários públicos do gabinete do Sr. Primeiro Ministro trabalham no máximo 224 dias por ano, descontados os fins-de-semana, os feriados e os dias de férias, o que multiplicado por 7 horas de trabalho diário, com 60 minutos cada, dá 94 080 minutos de trabalho por ano. Os 173 100 euros disponíveis para telemóvel a 0,14 cêntimos por minuto, permitem falar 1 236 428 minutos e 34 segundos, como cada funcionário trabalha 94 080 minutos por ano, esta verba corresponde a 13 funcionários. (E ainda ficamos com 1 874,40 Euros para umas chamaditas de valor acrescentado… para ligar para aquela prima afastada que é Checa.)
Resumindo, o Sr. (continuemos a chamar-lhe, apesar de outros nomes nos povoarem o espírito) José Sousa quer convencer-nos que além de falar ao telemóvel durante 15 horas por dia, 365 dias por ano, no seu gabinete existem permanentemente 13 funcionários cuja única tarefa atribuída é falarem ao telemóvel, ininterruptamente, desde o primeiro ao último minuto do dia de trabalho, todos os dias do ano…
P.S. Alguém me sabe dizer qual é a verba prevista no Orçamento do Estado para 2006, para o gabinete do Sr. Primeiro Ministro, para pastilhas contra a rouquidão?
Apache, Novembro de 2006

Etiquetas: , ,

8 Comments:

Blogger Cleopatra said...

Não.
Mas sei qual é a verba para as elásticas, mastiga e deita fora sem demora ;)

quarta-feira, novembro 01, 2006 10:45:00 da tarde  
Blogger Cleopatra said...

BOA MUSICA!!!

Ai feiticeira... ai feitiço feitiço

quarta-feira, novembro 01, 2006 10:46:00 da tarde  
Blogger Apache said...

De Táxi, a esta hora?
;)

quarta-feira, novembro 01, 2006 11:56:00 da tarde  
Blogger DarkMorgana said...

Ou qual a verba para papagaios...daqueles caros...

Será que o senhor não sabe que falr muitas horas ao télélé pode causar infertilidade?
Será que a infertilidade se estende à imaginação?

quinta-feira, novembro 02, 2006 1:09:00 da manhã  
Blogger redonda said...

Gostei muito das contas, da conclusão retirada :) e da música (e da possibilidade de mudarmos - mudei para a camisa negra :)
Deve ser duro ter que estar tanto tempo assim a falar ao telemóvel...

segunda-feira, novembro 06, 2006 10:20:00 da tarde  
Blogger Apache said...

"Será que a infertilidade se estende à imaginação?"
Não creio, Morgana, imaginação não lhes falta, tomara que ela fosse aplicada em prol do país.

Olá Redonda... Não fazia sentido colocar um leitor múltiplo se não se pudessem escolher as músicas da "play list". Ok, alguns links não funcionam (propositadamente) porque este leitor foi "copiado" do hi5, uma vez que na net não encontrei outro e neste momento não tenho tempo para tentar "inventar" um. Espero que das 30 músicas não gostes só dessa... ;)
Deve ser ainda mais duro arranjar recibos que comprovem tantas chamadas telefónicas, ou então dividir os "lucros" com o tribunal de contas.
Beijo!

terça-feira, novembro 07, 2006 1:23:00 da manhã  
Blogger Cleopatra said...

"219 090 Euros para despesas de telemóvel do gabinete do Sr. Primeiro Ministro."

Mensais???
É preciso explicar.

terça-feira, novembro 14, 2006 1:30:00 da tarde  
Blogger Apache said...

Caríssima, estava desatenta ou não leu o "post" todo, eu sei que é longo... A verba é anual, mas são 44 mil contos, em moeda antiga, ou seja, mais de 3 500 contos por mês, quase 120 contos por dia, só para despesa de telemóvel, só para o gabinete do Sr Primeiro ministro. Em alguns planos tarifários, esta verba dá para falar mais de 200 horas por dia!

terça-feira, novembro 14, 2006 8:12:00 da tarde  

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home