O Último dos Moicanos: Conversa de... "Cocó"

terça-feira, 19 de junho de 2007

Conversa de... "Cocó"

Na noite da passada sexta-feira, a nº 3 da lista de António Costa à Câmara Municipal de Lisboa, Ana Sara Brito disse que a candidatura socialista está aberta à realização de casamentos civis, incluindo de homossexuais, no Salão Nobre da autarquia. No domingo, Costa afirmou que "a existência de casamentos homossexuais depende do legislador mas a autarquia deverá respeitar todas as formas de construção de uma família." No Salão Nobre da Câmara? E porque não na sua casa, Dr. Multiusos? Ou no "Largo do Rato"? Aproveitava e convidava também os seus amigos, Paulo Pedroso, Ferro Rodrigues e outros... Usavam gabinetes contíguos como "salas de chuto" e reservavam pelo menos um, para sala abortiva, não vá a vossa ciência pútrida descobrir uma forma de gravidez homossexual, acelerando a contrução da família. Mas atenção, desta vez, tenham cuidado com a idade dos convidados, evitem os oriundos de colégios públicos de Belém.
*******************************************************
Entretanto hoje, numa acção de campanha na Avenida da Liberdade, dedicada ao ambiente e à segurança rodoviária, os temas preferidos da sua demagogia bacoca, o Dr. Multiusos, disse que "em 2006 houve 252 acidentes com vítimas, na cidade, dos quais 101 foram atropelamentos, resultando daí 11 mortos e cerca de 150 feridos com gravidade." "Estes números mostram que Lisboa é insegura para o peão. Por isso, impõem-se medidas para reforçar a segurança de quem circula a pé na cidade." Curioso, estive a ler o relatório de 2006, da DGV e confirmei que para a cidade de Lisboa, os números que apresentou estão todos correctos, excepto o número de feridos graves por atropelamento, foram 94 e não "cerca de 150". Entre as capitais de distrito portuguesas, Lisboa é a 2ª com menor "índice de gravidade" dos acidentes, depois do Porto, apresentando 0,9 mortos por cada 100 acidentes. E o distrito ocupa o 1º lugar (menor gravidade) com um índice de gravidade de 1,4. O número de acidentes no Concelho de Lisboa, comparado com o número de veículos em circulação é também o 2º menor, logo atrás do Conselho do Porto (considerando apenas os 50 maiores concelhos do país, pois nos outros, os dados estatísticos são muito distorcidos pelo reduzido universo em estudo). A região metropolitana de Lisboa apresenta o menor número de acidentes comparando o número de veículos e de peões. Se Lisboa é insegura, que dizer do resto do país? Se a sua preocupação é a segurança rodoviária é melhor candidatar-se a uma câmara do interior do país. Nas capitais dos distritos do interior, certamente saudariam as suas preocupações. Com o seu discurso pró-homossexual é que talvez tivesse que tomar algumas precauções...
Apache, Junho de 2007

Etiquetas: , , ,

10 Comments:

Blogger Sulista said...

Ahahahahaha....candidatar-se a uma camara do interior...eheheheheh!

qt ao resto do post...de facto Ó Apache, que falta de originalidade! Ahahahahaha!!!...

Bjs ;-)

terça-feira, junho 19, 2007 11:46:00 da manhã  
Blogger cris said...

Lol. Apache o homem éigual ao chefe. Acho que partilharam a cartilha das bazófias.

Se tivesse feito o estudo de quantos hospitais podem atender um sinistrado em situação de acidente tipo desastre ou catástrofe natural, isso eu gostava de ver. A capacidade de resposta, os meios existentes e a prontidão. Para diminuir o nº de carros em Lisboa levam o tempo a inventar contos da carochinha. No interior, bem, é assim, ok, manda-o para o interior... da terra...bem no núcleo! Eu posso ajudar a dar o empurrãozinho. :)

bj

terça-feira, junho 19, 2007 1:10:00 da tarde  
Blogger cris said...

Vou começar a vir cantar aqui, de manhã cedo, muito altooooooooooo e com voz esganiçada. pode ser? ahahahahahahahah boa quarta. Faltam dois diasssssssssssssssssssss.

quarta-feira, junho 20, 2007 7:57:00 da manhã  
Blogger Cleopatra said...

É, dá vontade!

quarta-feira, junho 20, 2007 8:43:00 da manhã  
Blogger cris said...

Lol cleopatra. Bora as duas fazer coro a ber se ele deixa de preguiçar e escrve mais.
ahahahahahahah

quarta-feira, junho 20, 2007 3:17:00 da tarde  
Blogger Apache said...

Boa ideia, a do interior... da Terra. Melhor ainda, a de vires cantar logo pela manhã, dizem que "quem canta, seus males espanta".

Cantar para eu escrever mais?
Quem vos garante que a ouvir duas rouxinóis eu não ficaria mais contemplativo?

quinta-feira, junho 21, 2007 4:12:00 da manhã  
Blogger cris said...

Danou-se... Cleopatra, temos que treinar canções ao desfio, daquelas do Minho, muito esganiçadas.

:P
Sempre quero ver se ficas contemplativo com essas. ahahahahahahah
Maluco.

quinta-feira, junho 21, 2007 7:52:00 da manhã  
Blogger Cleopatra said...

BOra lá....
Pode ser aquela da Chenhôra de Matuzinhos???

domingo, junho 24, 2007 1:22:00 da manhã  
Blogger Apache said...

Mau... Mas devia ser eu a escolher a música?

domingo, junho 24, 2007 4:01:00 da manhã  
Blogger Gabriela said...

Estive a ler o que ainda não tinha lido :)
Muito trabalho, pouca imaginação, resolvi dar um pequeno descanso à redonda.
Obrigada por teres reparado (e gostei da sugestão para o negócio da venda de ansiolíticos :)

sexta-feira, junho 29, 2007 5:22:00 da tarde  

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home